Lipo-Abdominoplastia

Lipoabdominoplastia

Muitas pessoas procuram dois procedimentos estéticos que realizam a correção do abdômen com predomínio do acúmulo de gordura em relação a flacidez muscular, e – devido ao avanço médico – pode ser realizada utilizando a técnica de Lipo-Abdominoplastia.

O que é?

A lipoabdominoplastia é a técnica utilizada quando existe predomínio de gordura na parede anterior do abdome em relação a flacidez de pele e dos músculos abdominais.

O umbigo antigo e “triste” é refeito por um novo tecnicamente mais bem posicionado. Além disso, o excesso de pele resultante após a lipoaspiração é removido e produz uma cicatriz posicionada na região acima da púbis, de extensão variável conforme cada caso em particular. Outra coisa é a musculatura que também é reestruturada com uma plicatura, para dar um tônus mais adequado a parede abdominal anterior.

As vantagens da abdominoplastia com lipo

Cada médico avalia cada caso de forma diferente, ou seja, cada caso é cada caso, não é porque sua amiga fez de um jeito, que seu corpo irá se adaptar ao modo de como foi feito o dela. Dessa forma, deve-se avaliar pessoalmente cada caso. E assim verificar se a paciente tem condições para fazer a lipoabdominoplastia.

Já os benefícios que lipoabdominoplastia pode trazer, temos:

  • Contorno corporal mais definido;
  • Retirada de pele flácida na região abdominal;
  • Remoção das gorduras localizadas.

Portanto, a grande vantagem dessa associação é, sem dúvidas, o resultado mais harmônico. Pois, a lipoaspiração é ideal para retirar excesso de gordura localizada. Já a abdominoplastia tem como objetivo remover a pele flácida da região do abdômen.

Como é realizada

A lipoabdominoplastia é uma cirurgia que demora entre 3 a 5 horas e é necessário:

Fazer um corte na barriga em forma de semicírculo logo acima dos pelos pubianos até à linha do umbigo e queimar a gordura;
Costurar os músculos do abdômen e esticar a pele do abdômen superior até à região pubiana e costurá-la, definido o umbigo;
Aspirar a gordura da barriga que está em excesso.

Antes de iniciar a cirurgia o médico tem de delinear com uma caneta as regiões com excesso de gordura para facilitar o procedimento.

Indicação

A lipoabdominoplastia é a associação de duas cirurgias: a lipoaspiração e a abdominoplastia. A lipoaspiração é indicada para retirar excesso de gordura localizada, reduzindo o abaulamento gorduroso, porém sem tratar a flacidez de pele. Um paciente com flacidez de pele, pode tê-la piorada, caso venha a se submeter apenas à lipoaspiração A abdominoplastia, por sua vez, trata a flacidez de pele abdominal, sem, no entanto, retirar o excesso de gordura localizada.

A lipo-abdominoplastia é indicada para os pacientes que apresentam gordura localizada no abdômen, associada à flacidez de pele abdominal.

Lipo-Abdominoplastia

A técnica consiste primeiramente na realização da lipoaspiração, com retirada do excesso de gordura e deixando a pele do abdômen mais solta. Em seguida procede-se à abdominoplastia, com retirada do excesso de pele.

Tipo de anestesia

Geralmente a anestesia é a peridural, podendo ser utilizada a geral em casos específico, e a permanência hospitalar é de 24 horas.

Ilustrações da Cirurgia:

(Clique na imagem)

Lipoaspiração e Lipoescultura

Tempo de internação

Geralmente 24 horas, dependendo da recuperação e da orientação do médico. É importante que na recuperação a drenagem linfática seja feita devido utilização da lipoaspiração, iniciando precocemente no pós-operatório.

Pós-operatório

O paciente fica com um dreno abdominal por alguns dias e que será retirado conforme a orientação do seu médico, tendo como referencial o volume drenado diário. O dreno serve para drenar o liquido que se forma abaixo da pele, evitando que ele se acumule (seroma), facilitando assim a cicatrização e a recuperação mais rápida. Em lipos médias (até 3 litros) é comum a drenagem de um litro de secreção nas primeiras 24 horas.

Deve-se evitar esforços e se manter em uma postura curvada por até 15 dias, para evitar tensão na cicatriz. Exercícios físicos devem ser evitados por no mínimo 1,5 mês.

Deve-se usar uma cinta elástica por ao menos 1,5 mês, ou pelo período estipulado pelo médico.

A cicatriz costuma ficar avermelhada por alguns meses, tendendo a clarear entre 6 meses e um ano, dependendo do tipo de pele e genética do paciente.

Complicações

Dentre as complicações possíveis, mas infreqüentes, podem ser citadas: hematoma, seroma, infecção, sofrimento da pele, necrose, deiscência (abertura da sutura), trombose, quelóide.

Entretanto, quando a indicação da cirurgia é precisa, a técnica cirúrgica bem executada, os cuidados pré e pós-operatórios seguidos, as complicações são raras.

Por serem as complicações mais freqüentes em paciente fumantes, estes devem abster-se do cigarro por um mês antes da cirurgia, para minimizar os riscos.

Resultado Definitivo

O resultado definitivo da lipo-abdominoplastia é atingido após 6 meses da cirurgia, período necessário para a acomodação dos tecidos e amadurecimento da cicatriz.

Vídeos

Entrevistado na TV Gazeta, Dr André Colaneri explica os mitos e verdades, assim como as diferenças entre a lipoaspiração e a abdominoplastia. Fala também sobre a diferença entre abdominoplastia e mini-abdominoplastia.

Entrevistado na TV Gazeta, Dr. André Colaneri fala sobre as diferenças das cirurgias plasticas: lipoaspiração, abdominoplastia, lipoabdominoplastia, mini-abdominoplastia.

Entrevistado na TV Gazeta, Dr. André Colaneri fala sobre a diferença entre lipoaspiração, abdominoplastia e lipoabdominoplastia.

Dr André Colaneri comentará sobre as “diferenças entre a abdominoplastia e a lipoaspiração”.

Artigos relacionados

Agende uma Consulta

Agende uma consulta