Lifting Facial

Lifting Facial

Com o progredir da idade, a pele vai perdendo sua elasticidade e turgor, levando a um excesso de pele na face. A força da gravidade, por sua vez, age puxando esse excesso para baixo, fazendo com que aprofundem os vincos entre o nariz e a boca (sulco nasogeniano), entre outras marcas da pele.

Somando-se a tudo isto ainda há toda a musculatura da face, que após anos de movimentação propiciam a formação de rugas na testa, ao redor dos olhos e em outras áreas.

São todas estas alterações juntas que levam à aparência de envelhecimento. O lifting da face tem por objetivo reverter parcialmente esse processo, ao atuar sobre alguns músculos e retirar o excesso de pele existente, sem no entanto modificar os traços e expressões do paciente. O resultado buscado é uma face mais jovem, harmônica e de aparência natural.

O que é

O lifting facial é um procedimento cirúrgico feito em pessoas que sofrem com problemas relacionados ao envelhecimento da face ocasionados por fatores como exposição solar, perda da elasticidade da pele, fatores hereditários e outros agravantes, o aparecimento de rugas, sulcos e vincos na região do pescoço e rosto.

Esse é um dos procedimentos mais requisitados em consultórios de cirurgia plástica no Brasil, sendo realizado principalmente por pacientes do sexo feminino com idade entre 40 e 60 anos que buscam uma aparência mais leve e atraente.

Essa cirurgia pode ser realizada por pessoas de qualquer idade, embora seja feita em mulheres mais velhas, desde que a avaliação do cirurgião plástico indique que o procedimento é o mais adequado para o caso.

A ritidoplastia auxilia no rejuvenescimento da aparência de diversas estruturas faciais, sendo que apresenta resultados em regiões como:

  • Maçã do rosto;
  • Área da boca e nariz, conhecida como “bigode chinês”;
  • Flacidez de pele próxima à boca (“ linha da marionette” e “bulldog”);
  • Pescoço e papada.

A operação tem como objetivo restabelecer a jovialidade em diversas dessas áreas ou na região que mais incomoda o paciente, tendo um resultado mais localizado.

Como é realizada?

A cirurgia é realizada por meio de pequenas incisões na região da orelha e pescoço por onde são adicionados os tecidos frouxos e retirados os excessos de pele.

Também podem ser tratadas rugas profundas próximas à boca – bigode chinês e linha de marionete -, o volume que normalmente se forma perto das bochechas e que lembram um “Bulldog” e parte da flacidez do pescoço.

Em alguns casos, o lifting facial pode ser combinado a outros métodos como o aumento de volume da face com a gordura do próprio paciente ou a elevação do supercílio.

Indicação

Presença de rugas, flacidez e excesso de pele na face.

Tipo de anestesia

Local com sedação ou geral.

Ilustrações da Cirurgia:

(Clique na imagem)

Ritidoplastia

Tempo de internação

De 12 a 24 horas.

Pós-operatório

Os cuidados com o pós-operatório são fundamentais para que os resultados obtidos com a cirurgia fiquem como o esperado pelo paciente.

O curativo compressivo e o dreno são retirados em 24 horas. É comum a ocorrência de edema (inchaço) e equimose (roxidão), os quais geralmente regridem em até 21 dias. A recuperação é indolor, ficando a sensibilidade reduzida por um certo período na área operada, ocorrendo recuperação total com o passar do tempo.

Deve-se evitar exposição solar por 30 dias no mínimo, sendo importante o uso de bloqueadores solar até 6 meses da cirurgia. É possível que a face e o pescoço fiquem com uma sensação de tensão e dormência, condição que pode permanecer ao longo de alguns meses enquanto o organismo se recupera da intervenção.

Entretanto, é comum que em 15 ou 20 dias após a cirurgia plástica, o paciente já seja liberado para voltar ao trabalho, sendo fundamental o uso do protetor solar.

A ritidoplastia é, normalmente, realizada visando o rejuvenescimento da face e pescoço. Quando realizada devido à queda das estruturas faciais e antes do aparecimento de rugas profundas, a intervenção pode evitar que essas rugas se formam.

Complicações

Um preparo pré-operatório adequado é fundamental para evitá-las. Apesar de incomuns, podemos citar: hematoma, deiscência (abertura de pontos), alterações da cicatrização, sofrimento de pele, infecção, lesões de nervos e problemas anestésicos.

Ritidoplastia ou Lifting Facial (cirurgia da face)

É importante notar que todas complicações são mais comuns em pacientes fumantes, sendo indispensável parar de fumar por pelo menos 14 dias antes da cirurgia.

Resultado Definitivo

O resultado definitivo é alcançado com 6 meses, pois esse é o tempo que leva para a cicatriz amadurecer.

Perguntas Frequentes: Lifting facial ou Ritidoplastia

Vídeos

Dr Andre Colaneri explica em Vídeo o Lifting Facial – Cirurgia Plástica da Face, quando é indicada, o que corrige, detalhes.

Vídeo sobre cirurgia plástica da face, lifting facial, cirurgia das pálpebras, ritidoplastia, cirurgia plástica.

Dr André Colaneri é entrevistado na Rede Vida e fala sobre as cirurgias plásticas para rejuvenescimento facial, assim como procedimentos não cirúrgicos.

Dr Andre Colaneri explica em Vídeo sobre cirurgia plástica das pálpebras – blefaroplastia.

Artigos relacionados

Lifting Facial Endoscópico

A cirurgia plástica sem duvida nenhuma teve grande evolução nas ultimas décadas. Novas cirurgias surgiram e outras tantas foram desenvolvidas. O avanço na estética O…

Leia mais
Agende uma Consulta

Agende uma consulta